Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2006

Merdas

A idade ensinou-me que, de forma geral, as coisas são simples. Quando me querem convencer do contrário ou me falam com discursos elaborados, compostos de palavras enigmáticas, concluo que: ou o indivíduo não tem qualquer ideia sobre o que está a dizer, ou me pretende enganar.


Vem isto a propósito de alguns comentários deixados ocasionalmente por visitantes anónimos ou, referências a este blog, vistas noutros blogs. Conclui-se pelos diferentes teores que é gente que não se revê na classe dos que trabalham e pagam os impostos de que é composto o orçamento do estado.


Extraterrestres convencidos de que a sociedade se compõe de dois grupos; um maioritário que trabalha e paga, habitualmente designado por pagantes e, um segundo pequeno grupo de gurus iluminados, convictos que, por serem iluminados, devem ser pagos pelos primeiros, ou seja, devem viver à conta do OGE.


Digo isto porque quem já viveu os anos que eu vivi, compreendeu certamente que quem é sério e passa uma vida inteira a trabalhar nunca consegue sair da cepa torta. Por muito que se esforce, o raio do dinheiro é sempre macho e nunca chega ao fim do mês. Os gurus iluminados diriam certamente que esta gente tem apenas o que merece, que não progride na vida mas apenas se pode culpar a si própria. É a sua condição, trabalhar e pagar. Nem sequer lhes poderá ser reconhecido o direito de se indignarem ou reclamarem da forma como é gasto o seu dinheiro.


Afinal de contas existem tantas formas de ganhar muito dinheiro rápida e facilmente. Por exemplo: Ser profissional liberal; receber muitos milhares por mês em consultas, pareceres, projectos, (sem recibo) etc., e declarar quantias ínfimas ao fisco. Há dias vi uma notícia sobre um destes iluminados; os gastos com o colégio dos filhos eram duas vezes superior aos seus rendimentos.


Ou constituir uma porcaria de uma empresa qualquer, receber apoios e incentivos, meter nas despesas da empresa todos os gastos pessoais e familiares, não pagar impostos porque não tem lucros e, ainda usar em proveito próprio os descontos cativados à escória.


Mas isto ainda dá algum trabalho. Melhor, só mesmo o tráfico de influências, as malas de dinheiro a troco de licenciamentos vários, os empregos públicos que proporcionam reformas chorudas ao fim de 5 anos, os favores entre gente de bem e, por aí fora.


Depois ainda temos a alta finança, as privatizações que nós pagamos e que são entregues de mão beijada aos do costume mas, isso já é gente que ganha por dia o que um trabalhador não ganha numa vida e nem vem ao caso porque esses não frequentam blogs. Os blogs são apenas para a cáfila pagante reclamar e os intelectos superiores terem aqui a sua masturbaçãozita intelectual.




publicado por AC às 00:18

link do post | comentar
|

15 comentários:
De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2006 às 19:26
A netcabo anda em trabalhos até ao dia 10, amanhã, e não deixa publicar. A blogger interditou-me no horabsurda e editorial. Tenho estado provisoriamente só no canto aberto com link para a MSN. Mas o meu blog continuará a ser na netcabo, vejamos se depois da meia-noite posso publicar.
AbraçosHenrique
(http://pwp.netcabo.pt/hjesu)
(mailto:hjesu@netcabo.pt)


De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2006 às 19:04
Caro Henrique, afinal que se passa com os teus blogs?! A luta continua!JT
(http://desgovernos.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Cunhaabel@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2006 às 23:03
Não, o Gervásio não tem blog porque o Gervásio pertence à raça dos que não morrem. Ora, os blogs, como tudo, são perecíveis. Mas o Gervásio não. Ele vai ficar para sementeira. No entanto, 30 anos, para ele, é um tempo do caraças. Devemos ser, para ele, do tempo da Maria Cachucha, os velhos pensam que sabem tudo mas já estão é de pés para a cova. Nós, jovens, não. Nós somos imortais. Temos tempo com'ó Xapalno (grego). E vamos limpar o esterco que por aí anda de velhos, de inválidos, de pobres, mendigos e demais vermes da nossa sociedade de super-homens, de imortais. E viva Nietzsche! Viva o nacional-tomatismo, mesmo que podre. Viste insultos e pensavas que estavas em casa? Enganas-te, não são meros insultos, são mesmo a sério. A malta não vai tolerar-vos por mais tempo. Repara só na onda que já se levantou. És cego?Henrique
(http://pwp.netcabo.pt/hjesu)
(mailto:hjesu@netcabo.pt)


De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2006 às 18:49
Ó Gervásio, tens um blogue? Gostava de ir lá comentar qualquer coisinha. Se tiveres, deixa endereço.Macaco Adriano
(http://www.bananasdarepublica.blogspot.com)
(mailto:bananasdarepublica@gmail.com)


De Anónimo a 8 de Fevereiro de 2006 às 11:44
Só para terminar a discussão e a minha passagem por aqui (que aconteceu por acaso e só vim agora ver as reacções que provoquei. Não volto mais):
- Vocês são engraçados... Falam de boa educação e de insultos...! Mas que merda de boteco é este que passa a vida a insultar toda a gente e se ofende com insultos?! Quando insultei, pensei que estava em casa, ó menininhas de coro!!!
- É evidente que mantenho tudo o que disse. O páis não progride com contributos acéfalos e "lugares-comuns". ponham os olhos nos muçulmanos... é que vocês, á vossa maneira, sois iguais!
- Lutar pelo 25 de Abril... Essa é boa. Agora, qualquer palhaço foi muito valente há 30 e tal anos atrás...! Pois!
- Quanto ao pau de marmeleiro, ó cobardolas, estás à vontade... Podes vir tu e os teus anarcas asmáticos... Para além de não teres tomates para o que quer que seja, ainda há "palitos" no país para tirar "dos dentes" incómodos como os que tu causas.
És muito fraquinho, mas numa coisa tens razão: não devemos dar-te muita trela, senão, ainda julgas que tens alguma importância!Gervásio
</a>
(mailto:gerva@hotmail.com)


De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2006 às 20:46
Ao visitante que por aqui passou e se identificou por Gervásio, aqui fica a minha resposta. Sendo o que escrevo um alguidar de lugares comuns, como diz, surpreende-me que tenha perdido o seu tempo a ler estas banalidades e, mais ainda a comentá-las. E como nem sequer o convidei a tal, maior a minha surpresa. Significa que o que escrevo atinge algumas consciências pouco tranquilas. Não apenas para si, porque a sua falta de educação não merece qualquer resposta, mas para todos os Gervásios que simboliza, o que é facto é que o povo que trabalha e paga impostos, está a ser espoliado dos seus presente e futuro por meia dúzia de políticos oportunistas e bem falantes, aliados aos capitalistas que nunca sugaram tanto este povo como actualmente. Basta ver o exemplo da banca. Se tem dúvidas, recomendo-lhe a leitura da entrevista da Magistrada Maria José Morgado à Notícias Magazine de hoje. Pode ser que possa perceber o que se está a passar. Quanto ao resto dos insultos que profere, só os posso compreender porque obviamente se identifica com um dos estereótipos citados no post.
Quanto à minha hipotética ideologia fascizóide, fique sabendo que em Abril de 74, andei de arma na mão a correr com os sanguessugas de então. Lamentavelmente, alguns, como parece ser o seu caso, esconderam-se. Aparecem agora novamente, porque o vento da história está novamente de feição. Se o povo voltar a acordar, pode ser que volte à rua, limpar a merda que por aqui anda, desta vez, à moda de Fafe, com um bom pau de marmeleiro para partir os costados aos Gervásios.
JT
(http://desgovernos.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Cunhaabel@sapo.pt)


De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2006 às 17:10
As opiniões divergem. Eu só posso dizer qual é a minha. Cá vai: na minha opinião há um tal de Gervásio que é imbecil. E repare-se que nem sempre sou assim tão educadinho. Podia ter dito que é filho de uma meretriz ou pior ainda. E não é preciso dizer mais nada.Macaco Adriano
(http://www.bananasdarepublica.blogspot.com)
(mailto:bananasdarepublica@gmail.com)


De Anónimo a 4 de Fevereiro de 2006 às 20:12
é apenas uma questão de tempo.... quando todos os que votam souberem ler, escrever e pensar ....mais duas gerações???? olhem para o principio do seculo passado e comparem... estamos um pouco melhor.... pelo meio ficarão os gervasios da treta....MAR
(http://x2888x)
(mailto:johnimar@hotmail.com)


De Anónimo a 3 de Fevereiro de 2006 às 21:40
Caro Gervásio: entrar assim num blog e desatar a insultar é, no mínimo, de uma besta quadrada que você não esconde ser. Para além de insultos, nada mais se pode ler no que escreve. Apoda os outros de improdutivos sem exibir os seus dotes de quem já contribuiu para a comunidade, perdão, sociedade, que é mesma merda. Fale, diga também o que fez, e depois exija dos outros que falem. Se não, vá mas é à bardamerda e deixe de incomodar quem decerto nunca o incomodou. E, se se sente incomodado por aquilo que aqui se disse, lá terá os seus pesos na consciência. Que este país não vai tolerar a cambada de chulos que vocês são, não vai não. Podem tirar o cavalinho da chuva.Henrique
(http://pwp.netcabo.pt/jesu)
(mailto:hjesu@netcabo.pt)


De Anónimo a 3 de Fevereiro de 2006 às 15:45
É pá, desculpe lá a franqueza mas deixe-me dizer apenas isto sobre o que escreve:
- Você não pensa! é um alguidar de lugares-comuns, frases-feitas e demagogias e coisas que cativam os imberbes. Você é que é o retrato do típico português de café: conversa muita, mas ideias zero!
- diga-me lá (se for capaz) algo de positivo que tenha feito na vida, para ver se muda a minha ideia que você não passa de um cobardolas que nunca fez mais nada que lamber as botas ao patrão!
- Por último: O país é muito mais que uma gaiola de acéfalos. O país progrediu depois de ter derrubado a ideologia fascizóide e reaccionária que você parece professar (sem que eu saiba se você tem ou não consciência disso...).
- um conselho (sim, porque os desprovidos merecem ser ajudados): Ponha os olhos nos cães. esse bicho simpático, sempre tão disposto sempre a lamber a mão do dono como a ladrar ao que não conhece ou tem medo... Olhe que não têm sido os cães os motores da nossa sociedade.Gervásio
</a>
(mailto:gerva@hotmail.com)


Comentar post

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Enfim os combustíveis

. O Homem do Leme

. É desta!

. Há sempre uma forma de ch...

. Deve ser da Latitude....

. Sacudindo a água do capot...

. Ingenuidade dos cidadãos

. CSI

. Surpresa ????

. Segurança no trabalho...e...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

.ico

.Referer.org


referer referrer referers referrers http_referer
blogs SAPO