Quinta-feira, 17 de Novembro de 2005

O estado da nação

Acabo de assistir na RTP 1 a mais um debate do estado da nação. Uma verdadeira vergonha. Cinco indivíduos que vivem à conta do OGE, que entre piadas e gargalhadas, falam das pensões de reforma. Nem sequer guardam aparente respeito por um assunto que é da maior importância para os portugueses.


Tratado pela rama, disseram-se coisas que, como é hábito nesta gente, umas são apenas meias verdades, outras inteiras mentiras.


Que o estado não pode dar pensões... O estado não dá nada! O estado devolve parte do dinheiro que obriga os trabalhadores a descontarem para a conta de segurança social!


Que um cidadão pode estar 30 ou 40 anos a viver à conta do estado. Só se for político e se reformar ao fim de 12 anos de função, porque um cidadão normal, se começar a contribuir para a SS aos 25 anos, com 40 de trabalho terá 65 anos e, em média morrerá antes dos oitenta anos. Ainda assim, não viveu à conta de ninguém mas sim dos seus descontos.


Que um cidadão desconta 11% para a SS. Pelo menos 34%, porque a acrescentar aos 11% do cidadão a entidade empregadora desconta mais 23%, e esta é uma das razões que fazem baixar os salários em Portugal.


Estou indignado! Tanto faz ser governo como oposição. A demagogia é a mesma. Comem todos na mesma gamela!


publicado por AC às 23:56

link do post | comentar
|

4 comentários:
De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 19:45
Para A. Serrano - Acabar com a SS, provavelmente virá a acontecer. Actualmente, a questão é que o estado obriga empregadores e trabalhadores a descontarem 34% sobre os salários para a SS. Isto tem duas implicações imediatas. Os salários são mais baixos 23% (o que o empregador paga para a SS) e o rendimento dos trabalhadores, não permite contribuir para a SS e fazer um PPR em simultâneo. Daqui também se infere que na realidade, os trabalhadores pagam para a SS 34% e não 11% como se quer fazer crêr.
A solução é obviamente liberalizar a situação. Quem quer SS paga para esta, quem não quiser, fica por sua conta. Quanto aos desempregados, para se ter acesso a um subsídio de desemprego é necessário que se tenham um mínimo de descontos para a SS. Como cerca de metade dos desempregados ou não fez descontos, ou está à procura do primeiro emprego, estes não recebem qualquer subsídio, ou seja, cerca de 250.000 pessoas desempregadas não tem qualquer subsídio da SS.JT
(http://desgovernos.blogs.sapo.pt/)
(mailto:CunhaAbel@sapo.pt)


De Anónimo a 23 de Novembro de 2005 às 18:54
Posso não perceber nada dito mas tenho uma dúvida enorme :porque não acabar com a segurança social e cada um que se oriente com o que ganha ,a reforma , que faça um ppr ou coisa parecida , quem tá desempregado recebe o subsidio de dsemprego do centro de emprego ou não? abilio serrano
</a>
(mailto:abilioserrano1@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2005 às 16:29
Voltando á carga, com uma recordação. Algum tempo
após o 25 de Abril uma "senhora", grande proprietária rural, muito católica claro, comentava, indignada, uma reivindicação dos trabalhadores do campo: «Férias! Agora querem férias, vejam bem!!!» Sua excelência, que nunca mexera uma palha na vida achava "o fim da picada" que os trabalhadores tivessem férias. Ou seja a dita achava/sentia que aqueles não eram completamente humanos e portanto descabido que tivessem direito a um mês do que ela tivera 12 mêses por ano durante toda a sua vida. Para mim é o mesmo tipo de raciocínio: - "Eles" ganham pouco os outros ganham o suficiente, Se calhar demais...Paulo
</a>
(mailto:pxaauvlioer@yahoo.com)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2005 às 15:24
A parte de que gosto mais é quando "eles" reclamam que ganham pouco. Num país com o ordenado minímo português é que os brasiús chamam de CARA DE PAU!Paulo
</a>
(mailto:pxaauvlioer@yahoo.com)


Comentar post

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Enfim os combustíveis

. O Homem do Leme

. É desta!

. Há sempre uma forma de ch...

. Deve ser da Latitude....

. Sacudindo a água do capot...

. Ingenuidade dos cidadãos

. CSI

. Surpresa ????

. Segurança no trabalho...e...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

.ico

.Referer.org


referer referrer referers referrers http_referer
blogs SAPO