Quinta-feira, 3 de Novembro de 2005

Portugal magnânimo

Estes senhores andam a brincar connosco. O (des)governo português perdoou ontem mais de mil milhões (1.000.000.000) de euros da dívida da Hidroeléctrica Cahora Bassa (HCB).

Diz o Correio da manhã: “Depois de à hora de almoço ter dado o acordo como “muito próximo”, o primeiro-ministro José Sócrates, congratulou-se com o “virar de página”, considerando ter sido “um bom acordo para os dois países”.

Bom, como foi após o almoço, compreende-se!

Expliquem-me-lá: Esta coisa das finanças públicas estarem de rasto é apenas conversa, não? As restrições orçamentais são folclore? Os sacrifícios impostos aos portugueses são apenas um pesadelo?

Afinal o país está a abarrotar, podemos esbanjar.

Quais são as contrapartidas para Portugal? Em quanto foi este acordo bom para Portugal? É que nós estamos a falar de negócio. A (HCB) vende a energia que produz, não estamos a falar de ajuda humanitária.

Um negócio destes lembra-me a entrega das ex-colónias. Delapidação desastrada e irresponsável das finanças públicas.

Estes gajos estão bêbados, são débeis mentais, simplesmente irresponsáveis ou trata-se de negociatas?

Bom povo português, deixa de ser burro. Vamos varrer esta merda toda!

publicado por AC às 19:58

link do post | comentar
|

5 comentários:
De Anónimo a 5 de Novembro de 2005 às 22:52
Parabéns pelo blogue anti-sistémico cujo link devolverei na próxima actualização Do Portugal Profundo.António
(http://doportugalprofundo.blogspot.com)
(mailto:a.b.caldeira@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2005 às 19:58
*casotron
(http://reporter007.blogs.sapo.pt)
(mailto:tron2@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2005 às 19:58
Marocas , Alegre e peida Santos digo Almeida Santos cuja filha morreu de overdose de heroina andaram-se a servir das ex-colónias à conta da metróple. Mas surgiu o adolf Sócrates a gamar e seu ministro das finanças deve precisar duma maquina de calcular gráfica e de óculos para aprender a fazer contas porque esta doação de Cahora Bassa é vergonha e um prejuizo para Portugal e fico a pensar que não existe déficit nenhum e/ou xaso exitisse na realidade a vendiam com uma boa margem de lucrotron
(http://reporter007.blogs.sapo.pt)
(mailto:tron2@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2005 às 17:25
O que mais irrita é ele apresentar o assunto como uma vitória. Mas o pior, é este povo aceitar tudo como se fosse uma decisão divina.http://ecurioso.blogs.sapo.pt/
(http://ecurioso.blogs.sapo.pt/)
(mailto:jocaco@mail.pt)


De Anónimo a 3 de Novembro de 2005 às 22:55
Tem toda a razão... Esses melgus têm milhões de culpas no cartório... Perguntem ao Marocas e outros que tais... Boa sorte.paraquedista
(http://www.paraquedista.blogs.sapo.pt)
(mailto:fsilva@sapo.pt)


Comentar post

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Enfim os combustíveis

. O Homem do Leme

. É desta!

. Há sempre uma forma de ch...

. Deve ser da Latitude....

. Sacudindo a água do capot...

. Ingenuidade dos cidadãos

. CSI

. Surpresa ????

. Segurança no trabalho...e...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

.ico

.Referer.org


referer referrer referers referrers http_referer
blogs SAPO