Quinta-feira, 30 de Março de 2006

Cabalas

Dizem por aí que a iniciativa do governo para retirar poderes à PJ se deve ao facto desta instituição ter efectuado escutas no âmbito do processo Braga Parques muito comprometedoras para o PS.

 

Claro que não acreditamos numa coisa destas. Jamais os senhores, eleitos com maioria absoluta e que tantas medidas embora lesivas dos interesses dos cidadãos mas, a bem de si e do país, têm tomado, pensariam tal coisa.

 

Também não acreditamos que a ideia de criar um organismo de controlo da informação junto do primeiro-ministro seja verídica. Afinal de contas, este governo só quer o bem do povo e não sonegaria à PJ a informação necessária à investigação, mesmo que de políticos se tratasse. Nem o nosso estimado primeiro é polícia, não é?

 

De qualquer forma, parece que governo e polícia já se entenderam. De imediato ganhou a polícia mas, conhecendo o fervor com que este governo defende os interesses do povo, esta que se cuide e olhe para o orçamento.

 

Mas tudo isto deverá ser simplesmente má-língua, não?

 

Além de que, não valeria a pena retirar competência à PJ. Afinal de contas a instituição já não pode funcionar.

 

Ou será o Simplex já em pleno funcionamento? Para facilitar a livre iniciativa à ladroagem, acaba-se com as polícias.

 

PS: porque será que não me sai da cabeça aquela frase do Coelhone; “quem se mete com o PS leva”?


publicado por AC às 23:36

link do post | comentar
|

3 comentários:
De Madalena a 31 de Março de 2006 às 08:34
Muitas vezes, páro aqui e ali e deixo-me prender pelas palavras, descobrindo sentidos... Mas em geral, as palavras nem sempre tem sentido. As tuas são reais e não de sonho como as minhas. As tuas são aquelas que toda a gente pensa mais muito poucos sabem ou ousam dizer... Gosto de ficar por aqui, descobrindo os sentidos de tuas palavras!! Beijo


De Biranta a 31 de Março de 2006 às 11:33
Mania que vocês têm da "maioria absoluta"; concepção nazi! Onde é que 29,29% dos votos são maioria absoluta?

As televisões portuguesas (e os outros órgãos de comunicação social) têm vindo a censurar documentários e entrevistas passados na CNN e na Fox News. Porque é que as estações nacionais escondem aquilo que os cidadãos americanos têm vindo a saber?
Por isso, para furar este cerco de censura, absurdo, deixo-vos com este artigo, publicado em:
http://sociocracia.blogspot.com ou em:
http://paramimtantofaz.blogspot.com/ e em:
http://wwweditorial.blogspot.com/

(se outros houver outras reproduções, solicito que me informem)

Que confiança podemos ter nas "nossas" notícias, quando nos ocultam factos destes? Que crédito nos podem merecer os nossos meios de comunicação?
Ajudem a furar este cerco censório, que faz de nós um país atrasado, um país do terceiro mundo, sujeito a uma ditadura absurda, controlada por Washington... mais até do que a própria América, divulguem esta mensagem, por favor!

Na semana passada, o actor norte-americano Charlie Sheen (do filme Platoon – Os Bravos do Pelotão, Wall Street) colocou a carreira em risco ao dar duas entrevistas ao activista Alex Jones, nas quais pôs em causa a versão oficial dos atentados de 11 de Setembro de 2001.

Foi desta forma que ele se juntou a um grupo de centenas de personalidades que, nos últimos quatro anos e meio, têm vindo a público afirmar que a versão oficial não só é implausível como impossível, chegando a violar as próprias Leis da Física.

Este grupo inclui Andreas Von Bülow, antigo ministro da Defesa e da Tecnologia da Alemanha e ex-director dos Serviços Secretos Alemães;

Michael Meacher, ex-ministro do Ambiente do governo britânico de Tony Blair;

Ray McGovern, antigo conselheiro presidencial e ex-analista da CIA;

Paul Craig Roberts, Secretário do Tesouro durante o mandato do ex-presidente norte-americano Ronald Reagan e pai da sua política económica;

Robert Bowman, antigo director do Programa de Defesa Espacial Star Wars e ex-coronel da Força Aérea dos EUA;

Steven Jones, Professor de Física da Universidade de Brigham;

David Shayler, ex-oficial do MI5, os serviços secretos britânicos;

Morgan Reynolds, Professor catedrático da Universidade A&M do Texas que integrou o governo do actual presidente norte-americano George W. Bush durante o seu primeiro mandato, e muitos, muitos outros.



No entanto Charlie Sheen fez na semana passada o que ilustres investigadores, professores catedráticos e ex-ministros não conseguiram durante quase cinco anos: furar a censura e conseguir algum tempo de antena num programa da CNN, que transmitiu as suas declarações e expôs milhões de pessoas a factos sobre o 11 de Setembro que têm sido permanentemente ocultados.

Para ler mais e aceder aos "links" consultar um dos blogues referidos


De FERREIRA a 31 de Março de 2006 às 22:28
" LEVA E DE QUE MANEIRA "
Mas ainda haverá quem ponha em dúvida as boas intensões ? P.J . para quê ? P.S.P.. para quê. GNR para quê ?
É que qualquer dia as pessoas honestas estão todas presas ou imigradas e as Policias vão andar atras de quem ?
Dos facínoras ? Dos Pedófilos ? Dos Corruptos ? Dos ladrões de Gabinete ?
É MELHOR IR PREVENINDO...
UM ABRAÇO
"SEM PALAVRAS"
http://latf.blogs.sapo.pt


Comentar post

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Enfim os combustíveis

. O Homem do Leme

. É desta!

. Há sempre uma forma de ch...

. Deve ser da Latitude....

. Sacudindo a água do capot...

. Ingenuidade dos cidadãos

. CSI

. Surpresa ????

. Segurança no trabalho...e...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

.ico

.Referer.org


referer referrer referers referrers http_referer
blogs SAPO