Domingo, 15 de Janeiro de 2006

Enriquecer é na política

Isaltino.jpg


É disto que há muito falo. Estes charlatães que enveredam pela política, têm em mente apenas um objectivo: enriquecer tão rápido quanto possível. Certamente admito e reconheço que haverá cidadãos impolutos e dedicados à causa pública, e esses serão seguramente, as excepções.


É quase certo que a generalidade dos acusados, sendo políticos, nunca será condenada porque a justiça não tem condições para funcionar. São demasiados os constrangimentos e pressões a que está sujeita para que possa funcionar. Nenhum tubarão será efectivamente condenado e se algum o for, será igualmente a excepção.


No caso do reeleito Isaltino, isso é quase certo. O dinheiro não fala e as malas são mudas. Os tribunais não o condenarão, por falta de provas. No entanto, os cidadãos sabem que o homem é um corrupto. Não é com os salários pagos na política que alguém consegue enriquecer, e constituir contas bancárias no estrangeiro (parece que não confia na banca portuguesa).


A prática na política parece ser a da apropriação de tudo o que estiver à mão, mas para se chegar ao nível de um Isaltino, tem que se começar cedo, e por tal, um autarca do PS, deputado municipal em Mação, apresentou, nos últimos dias de Dezembro, uma conta de 1.882 € relativos a despesas de deslocação em viatura própria entre Bruxelas, onde reside, e Mação, vinda e volta, onde se deslocou para participar numa reunião camarária. Tal facto não teria qualquer relevância, não fosse o rapaz ter feito a deslocação em avião e ao preço de 450 €. Tem assim uma mais valia pessoal de 1.200 €.


Este boy, reside em Bruxelas, onde é funcionário da Direcção Geral da Justiça e Assuntos Internos e foi destacado pelo famigerado Guterres. Foi vogal do conselho de administração do Instituto da Droga e Toxicodependência, mais tarde adjunto do presidente da Câmara de Santarém, líder da concelhia do PS de Mação e cabeça de lista dos socialistas à assembleia municipal nas últimas autárquicas. Portanto, um profissional da política em ascenção.


Dirão que o rapaz não é um corrupto que ainda está em começo de carreira, é ainda um pilha galinhas. E nem o caso teria qualquer importância, não fora quão revelador é das práticas desta escumalha que nos rouba a torto e a direito desde que entra para a política, actividade que se revela como escola de vigaristas e ladrões, até ao final das suas vidas.


Será que os cidadãos que andam a vitoriar candidatos e a carregá-los aos ombros serão apenas os da mesma classe profissional? É que não estou a ver qual o interesse do cidadão comum, que paga esta festa toda e ainda é roubado, em empenhar-se para que estes consigam ser eleitos!





publicado por AC às 20:55

link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Enfim os combustíveis

. O Homem do Leme

. É desta!

. Há sempre uma forma de ch...

. Deve ser da Latitude....

. Sacudindo a água do capot...

. Ingenuidade dos cidadãos

. CSI

. Surpresa ????

. Segurança no trabalho...e...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

.ico

blogs SAPO