Terça-feira, 2 de Maio de 2006

Disse..., reformas?

Ora, segundo o ministro Vieira, em entrevista ao Diário Económico com as novas regras para a aposentação, “os novos trabalhadores só se reformam aos 66 anos e oito meses”.
 
Presumo que “novos trabalhadores” serão os que agora começam a contribuir para a S. Social, pelo que o senhor estará a falar de pensões de reforma a longo prazo, 40 a 45 anos. Lá para o ano 2050.
 
Como se, a precariedade do trabalho não seja uma realidade crescente, um meio para as empresas limitarem ou, evitarem mesmo, qualquer vínculo duradouro com os empregados. Ou seja, descontinuidade do trabalho e, por conseguinte, a mesma descontinuidade nas contribuições para o sistema.
 
Como se, as empresas se venham a transformar em gigantescos lares de idosos, com forças de trabalho constituídas por equipas de velhos com 65 anos de idade. Isto quando, actualmente, as empresas já se estão a livrar dos trabalhadores com mais de 50 anos, criando-lhes situações insustentáveis que acabam invariavelmente num acordo manhoso para estes saírem.
 
Ou seja, como se o mundo do trabalho viesse a permanecer imutável e a SS pudesse continuar a arrecadar 35% sobres os salários.
 
O que os senhores Vieira e Sócrates estão a fazer, em vez de assumirem claramente que não vai haver pensões de reforma para o povo em geral e assim poderem continuar a extorquir 35% a trabalhadores e empregadores, é criarem artifícios de entretenimento até que a natural evolução social se encarregue de resolver a questão.
 
Seria bem mais sério dizer aos novos trabalhadores que nada têm a contribuir para a SS e que nada poderão pedir ao estado. Ficariam estes mais bem entregues a si mesmo do que a este estado.

publicado por AC às 23:40

link do post

De PBR a 4 de Maio de 2006 às 00:46
Já me começo a acostumar ao brilhantismo dos seus posts!!!! ainda para mais quando põe de facto o dedo na ferida!!!!Gosto da ideia final, de ficarmos entregues a nós mesmos!!!! Acabava-se o problema da SS (lembra o partido nazi não lembra?!?!?), de qualquer das formas há cada vez mais portugueses a contar com os seus seguros de saude(limitados por causa do estado!!!) e PPR's, sem deixar de largar o tal dízimo que paga tudo menos as suas reformas!!!
Sejam Honestos Sr.s políticos!!! sejam honestos em relação à SS, ao IVA, ao IMT, ao IA, ao IC, ao IT... Para onde vão os €'s????


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Enfim os combustíveis

. O Homem do Leme

. É desta!

. Há sempre uma forma de ch...

. Deve ser da Latitude....

. Sacudindo a água do capot...

. Ingenuidade dos cidadãos

. CSI

. Surpresa ????

. Segurança no trabalho...e...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

.ico

blogs SAPO