Segunda-feira, 5 de Junho de 2006

Em defesa do Luís

Venho hoje em defesa do Luís que não só, teve a genialidade de pensar comemorar o Dia Nacional do Cão, como a coragem de propor na AR a aprovação da tal data comemorativa.

 

Li um pouco por todo o lado opiniões desabonatórias à tua ideia. Não te preocupes Luís, é um velho hábito desta pátria; mal-amar os seus mais ilustres filhos. No fundo, estão roídos de inveja, por a iniciativa não ter sido sua.

 

Não compreenderam que já há meia dúzia de indivíduos que se preocupam com o povo, com a fome, a miséria, a solidão, o abandono e, nem sequer perceberam que o povo é gente e que gente tem alguma racionalidade (felizmente pouca e assim mantêm gajos como tu no poder) e por isso, pode sempre desenrascar-se. Agora os cães, como é que se poderiam desenrascar sem a tua iniciativa?

 

Pecaste apenas por não teres sido mais ambicioso. Poderias ter proposto a criação de uma fundação – a financiar com dinheiros retirados aos reformados (é uma coisa muito em voga por estes dias) que recebem mais de quarenta contos por mês e por isso vivem como verdadeiros nababos à conta do estado – que trataria de educar e alimentar os cães, principalmente os vadios.

 

Também não perceberam o alcance social e económico da tua iniciativa. Não fizeram contas e por isso não valorizaram os milhões de euros que seriam transaccionados em latinhas de comida Groumet, coleiras, escovas para o pelo, vitaminas, comedouros, banhos e massagens que seriam gastos em prendas para os nossos estimados cãezinhos.

 

És um português valente e interessado na tua pátria. Sempre preocupado com os mais desvalidos. Apenas a modéstia que te caracteriza, impediu que tivesses igualmente proposto a celebração do Dia Nacional do Idiota. Temeste que fosses o único homenageado. Mas não. Sossega Luís, porque tal data abarcaria os três ou quatro milhões de tugas que através do voto, vão colocando no poder as ilustres mentes que, como a tua, iluminam com o seu saber este nosso Portugal.

 

PS: Fodido, fodido contigo, está o meu melro. Diz que se farta de cantar para alegrar o país e tu vais propor celebrar o dia duns gajos que só cagam nos passeios!


publicado por AC às 13:30

link do post

De portuguesinha a 6 de Junho de 2006 às 18:58
Concordo contigo que faz falta o dia nacional do idiota (em homenagem a todos os dirigentes deste país) , mas para além desse dia devia haver o dia nacional do burro (em honra do Sócrates), o dia nacional do vampiro (em honra dos outros ministros, dos deputados e dos boys), e mais alguns dias nacionais desse tipo!


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Enfim os combustíveis

. O Homem do Leme

. É desta!

. Há sempre uma forma de ch...

. Deve ser da Latitude....

. Sacudindo a água do capot...

. Ingenuidade dos cidadãos

. CSI

. Surpresa ????

. Segurança no trabalho...e...

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

.links

.ico

blogs SAPO